11 de janeiro de 2015

Resenha: Fangirl - Rainbow Rowell


 Minha primeira leitura do ano foi Fangirl da escritora Rainbow Rowell, um livro divertido, porém um pouco decepcionante.

 Cath, que é a protagonista dessa história, está passando por um momento um pouco conturbado de sua vida. Ela e sua irmã gêmea, Wren, estão entrando na faculdade. As duas sempre foram muito próximas, porém nessa nova fase de suas vidas, Wren, que sempre foi a mais festeira e sociável, decide que quer se manter um pouco afastada de Cath, que sempre foi a mais tímida e dependente da irmã.

 Ao mesmo tempo em que Wren está fazendo novas amizades, Cath continua imersa no fandom de sua série de livros favorita, chamada "Simon Snow" (que é praticamente igual a "Harry Potter"). Ela é uma fangirl de primeira, vive relendo os livros, se veste igual aos personagens na estreia dos filmes, e escreve uma fanfic de sucesso. Inclusive essa fanfic que a levou a cursar inglês.

 Nesse livro acompanhamos Cath nessa sua nova rotina, passando por medos e inseguranças, conhecendo gente nova e descobrindo que apesar das dificuldades, no fim tudo pode dar certo.



 No começo da resenha disse que o livro foi decepcionante, vocês devem estar se perguntando por quê.

 Eu estava querendo ler esse livro desde que li Eleanor & Park (clique aqui para ler a resenha), como vocês sabem eu me apaixonei por aquela história e pela escrita da Rainbow, mas acho que fui com muita expectativas pra esse livro e por isso acabei um pouco decepcionada.

 A escrita da autora continua cativante e fluída, li o livro em um dia. Porém não achei que a história apresente nada de novo, a não ser as partes da fanfiction, pois o livro intercala entre a vida da Cath e a fanfic que ela escreve, mas essas partes são tão chatas que teve um ponto em que comecei a pulá-las.


 Os personagens são bacanas, me identifiquei muito com a Cath, ao final da leitura senti tantas saudades dessa coisa de fangirl que não aguentei e comecei a reler Harry Potter :3

 Levi, que é o interesse romântico da Cath, também foi super fofo, mas achei um pouco meloso de mais quando os dois ficaram juntos.
 
 O pai das gêmeas foi um dos melhores personagens, ele é diferente, não sei exatamente porque, mas foi um personagem muito legal.


 A edição do livro é magnifica, a capa combina bastante com a história e a diagramação também é muito boa. 
 
 Fangirl é um bom passatempo, divertido e leve, porém nada mais que isso.


Autor: Rainbow Rowell
Páginas: 424
Editora: Novo Século
Gênero: Jovem Adulto 
Estrelas: ★★★