20 de dezembro de 2014

Resenha: Mentirosos - E. Lockhart


 Assim como eu, vocês já devem ter visto muitas resenhas desse livro por aí, e foi por este motivo que eu fiquei intrigada, porque todo mundo que leu disse que amou e que o final foi destruidor e pra mim não foi diferente.

 Acho que pra ler esse livro você não pode saber muito da história, então eu vou dar o mínimo de informações possíveis.

 A história vai girar em torno da família Sinclair, que é uma família composta de pessoas ricas, refinadas, e vistas como perfeitas pela sociedade, mas isso não é verdade.

 O patriarca dessa família, que é o avô da protagonista, tem uma ilha onde todo verão a família inteira vai passar as férias lá. Cadence, Johnny e Mirren são primos muito próximos por todo ano se encontrarem nessa ilha. Quando eles completam 8 anos um amigo do Johnny, chamado Gat, se junta a eles e todos se tornam grandes amigos e assim formam o grupo de " Mentirosos ".

 E eles se divertem juntos todos os verões, até que no verão em que Cadence completa 15 anos acontece um acidente e ela acaba não lembrando de nada que aconteceu durante esse verão, e durante dois anos ela fica sem ir pra ilha,  pois fica muito doente, com amnésia e  muitas dores de cabeça. Até que Cadence decide que quer voltar lá e descobrir o que aconteceu porque a mãe dela e ninguém quer falar pra ela o que realmente aconteceu naquele verão dos quinze.




 O livro vai começar bem confuso, assim que comecei a ler não consegui parar, eu estava amando a história e não sabia porque. Eu ficava me perguntando o que aquela história tinha de especial e porque tudo era tão intrigante, mas eu continuei lendo e não parei até completar a leitura.

Como a Cadence sofreu um acidente eu já imaginava que ela não era uma narradora confiável, mas mesmo assim o final me surpreendeu de todas as formas possíveis.

No meio da história, quando a Cadence volta pra ilha umas coisas estranhas começam acontecer, e eu ficava  me perguntando: " O que diabos ta acontecendo aqui?! ". E são coisas não relevantes pra menina perceber naquele momento, mas que mesmo assim eu pensava  naquilo e ficava tentando formular teorias e juntar as lembranças dela pra tentar chegar na resolução do que aconteceu naquele verão dos quinze, e mesmo assim eu fiquei pasma com o final e não canso de falar isso. E posso afirmar que nenhuma das minhas teorias chegou nem perto do que realmente aconteceu.

Eu falei antes que eu não parei de ler, e isso foi uma coisa que não acontecia a um bom tempo, eu fiquei com insônia por causa desse livro, ele me abalou muito, assim que eu terminei de ler  eu queira gritar e surta com alguém sobre esse livro (na verdade quem me segue no twitter deve ter visto que eu dei a louca e comecei a tuitar toda hora sobre a história).


 Eu queria comentar que eu amo a capa desse livro, ela tem tudo a ver com clima da história, com certeza um dia eu vou adquirir a versão física, porque é muito linda.

 Eu definiria esse livro como misterioso, emocionante, confuso... perfeito! Nunca li nada igual, e com certeza foi um dos melhores livros do ano e super recomendo que todos leiam!


 Resenha em Vídeo:


Autor: E. Lockhart
Páginas: 271
Editora: Seguinte 
Gênero: Jovem Adulto 
Estrelas: ★★★★★