1 de abril de 2014

Resenha: A menina que Roubava Livros


 O vídeo - resenha ( final do post ) deste livro já saiu ontem, mas só tive tempo de tirar as fotos hoje.

 A história deste livro se passa durante a segunda guerra mundial e nele temos como protagonista a Liesel Meminger, que é uma criança que foi levada para viver com uma família adotiva, onde, de acordo com o governo, ela seria educada de uma forma mais "correta".

 Então Liesel passa a viver com uma casal, o Hans e a Rosa. Eles são personagens de personalidades bem diferentes. O Hans, por exemplo, é calmo e doce, já a Rosa, que é a nova mãe da menina, é irritante e mal-educada. Mas os dois são personagens adoráveis. 



 O livro vai contar a vida da menina de uma maneira bem episódica, vai contar como eram seus dias na escola, quem eram seus vizinhos, e também os seus roubos.

 A Liesel é apaixonada por livros, e eu tenho certeza que qualquer leitor se identifica com ela, com este sentimento que ela tem por livros.


 A história só foi me interessar lá para a página 120, por que é aí que o Max aparece. Max é um judeu que o Hans coloca dentro de casa, o que naquela época, é extremamente perigoso.


 O que mais me agradou neste livro foi a narradora da história, que é a morte. Esta narradora diz que ao longo da vida da Liesel encontrou com ela três vezes, e como a menina saiu viva destes encontros, o que é impressionante, ela resolve nos contar a história da Liesel.

 Eu acho que se não fosse esta narradora, que é extremamente carismática, o livro não seria tão bom quanto é. Mas como a Vevs comentou no vídeo dela, a morte da muitos spoilers, o que não chega a ser ruim, porém ela me deixava assustada com o que dizia, tipo:  "Ele não merecia morrer como morreu" e com isto eu ficava, "Mas ele vai morrer?".


 Os outros personagens são muito bons, o meu preferido, tirando a Liesel, é o Rudy.

O Rudy é um vizinho da Liesel que acaba virando melhor amigo dela, e ele é simplesmente incrível, ele é divertido, carismático e tem muitas outras qualidades além destas.


 Eu fiquei meio que revoltada com o final deste livro. 

 O final deste livro é tão triste, que eu tinha acabado de ler o livro umas duas horas antes de ir dormir e ainda estava chorando quando eu me deitei. Sério, eu tenho quase certeza que este vai ser um livro que nunca irei reler na minha vida. Não por que é um livro ruim, o que eu não é, é um livro magnífico, mas eu não tenho coragem de enfrentar aquele final novamente. E também nem sei se vou ver o filme, justamente por este motivo.


 '' A menina que Roubava Livros " vai levar 4 estrelas, por que o começo foi extremamente lento.



 Vídeo - Resenha:



     Autor: Markus Zisak
Páginas: 382
Editora: Intrínseca
Gênero: Ficção 
Estrelas: ★★★★